Desenvolvimento do Negócio

Aqui encontramos informação que permite reconstituir todo o processo associado (alguns passos pelo menos) à criação da empresa e do seu estabelecimento comercial.

Têm sido muitas as angústias, as dúvidas, os momentos de descrédito…felizmente, até aqui, sempre seguidos de períodos de confiança. A resiliência às dificuldades, contrariedades ao longo de todo o processo empreendedor é um dos factores apresentados pela literatura como caracterizadores dos empreendedores e podem crer que é bem verdade. Quando se julga que tudo está a andar sobre rodas, adoece (com gravidade) o pai do empreiteiro a quem adjudicaram a obra, e lá se perde mais uma semana com novas consultas e pedidos de orçamentos até nova adjudicação; quando se espera receber a licença de obras da câmara lá são solicitados uns elementos de informação adicionais, devido à necessidade de uma conulta ao IPPAR por causa da mudança da caixilharia na fachada (tudo em prol do exemplar estado de preservação do centro histórico sadino) ; quando precisam de falar com o arquitecto da Câmara têm dois dias de greve da função pública pela frente (todos devemos lutar pelos nossos direitos e quanto a isso nada a obstar); quando se espera a entrega de um fornecedor lá nos liga a dizer que precisará de mais uma semana; quando se cria a empresa numa hora, são precisas duas e meia para fazer um contrato de fornecimento de água, porque o edifício tem duas frentes e nos registos não aparece nenhuma delas como o ponto de ligação à rede; quando chega a altura de pagar as facturas o saldo da conta está negativo :( !; quando chega a altura de apresentar uma candidatura a um sistema de incentivos o balanço não dá certo por nada deste mundo e lá se acerta através do saldo de tesouraria, como qualquer caloiro de Contabilidade e Finanças; quando estamos animados surge uma voz pessimista a alertar para os enormes riscos, para a falta de profissionalismo dos empregados hoje em dia, que só querem roubar e não fazer nenhum… Acima de tudo, conservem a confiança no projecto, oiçam todos e mais alguém mas mantenham-se fieis ao conceito e atentos aos sinais do mercado e filtrem a informação/ opinião de terceiros de acordo com critérios pré-estabelecidos.

Hoje estou assim assim, preocupado com a demora nas obras, com a passagem do fiscal pela obra, com as dificuldades do sistema de informação, com o crédito bancário, com o apoio à contratação… mas animado com as remessas que vão chegando e o bom ritmo de andamento das obras.

~ por Rogério Silveira em Sexta-feira 10 Novembro, 2006.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: